Nova Ceasa recebe ação de Combate ao Trabalho Infantil

A ação contou com a participação da direção da central.

A Nova Ceasa recebeu, nessa terça-feira (12), campanha de mobilização social que marcou o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. A ação contou com a participação da direção da central piauiense, bem como, dos professores e alunos da creche mantida no entreposto - todos filhos de feirantes do local. A distribuição de banners, folders e materiais educativos alertando para o combate e prevenção do trabalho infantil no órgão fez parte da ação.

Segundo Sandra Oliveira, coordenadora da creche do entreposto, o principal objetivo da campanha é alertar os lojistas e clientes do mercado sobre a realidade do trabalho infantil. “Não permitimos criança trabalhando aqui e, por isso, dispomos de uma creche no próprio mercado. O lugar da criança é na escola, estudando. Qualquer menor de idade encontrado no mercado é encaminhado para a creche pelos orientadores de mercado e no local é feito um contato com os pais ou responsáveis. A creche é o nosso ponto de apoio nesse combate ao trabalho infantil”, explica a coordenadora.

 (Crédito: Ascom)
(Crédito: Ascom)

Sandra disse que a atividade faz parte do calendário da central piauiense. “A Nova Ceasa completou um ano agora no dia 15 de maio e já estamos no segundo ano de atividade de Combate ao Trabalho Infantil. Esta ação faz parte do nosso calendário de atividades na Central de Abastecimento do Piauí. Queremos alertar a sociedade para a problemática que está ocorrendo em todo o Brasil e, infelizmente, na Ceapi não é diferente”, disse Oliveira.

Segundo dados da última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do IBGE, o Brasil possui hoje cerca de um milhão e meio de crianças e adolescentes explorados no trabalho no campo. A maior concentração é no nordeste.

Fonte: Ascom
logomarca do portal meionorte..com