Nova Central de Abastecimento será licitada este ano,define reunião

O projeto deve ser executado em Parceria com a iniciativa privada

Gestores estaduais se reuniram com permissionários da Central de Abastecimento do Piauí na manhã desta segunda-feira (10) e mostraram a versão final dos estudos que vai possibilitar a expansão, reforma, modernização, operação e manutenção do entreposto . O projeto deve ser executado através da Parceria com a iniciativa privada, cujo investimento inicial é da ordem de R$ 47.326.890,59.

A finalidade do projeto é transformar o entreposto atacadista num centro inovador e dinâmico, com prédios e construções uniformes, ampliação dos boxes, lojas e módulos além de garantir um estacionamento com área exclusiva para carga e descarga de mercadoria.

Viviane Moura comandou a reunião (Crédito: Ccom)
Viviane Moura comandou a reunião (Crédito: Ccom)

De acordo com cronograma, a contratação do parceiro privado para o projeto da nova central de abastecimento ocorrerá até dezembro deste ano. “Os atuais permissionários terão direito de locação garantido e haverá um novo regulamento de mercado, acompanhamento e monitoramento por parte do governo, dos encargos assumidos pela concessionária para avaliação do uso adequado do equipamento, além disso, o Estado vai garantir as atividades sociais existentes hoje na Ceasa, como o funcionamento da creche que passará a funcionar em tempo integral”, ressaltou a superintendente da unidade de Programa de PPP do Piauí, Viviane Moura.

O projeto prevê ainda a construção de uma nova portaria de acesso com segurança, construção de um galpão exclusivo para o hortomercado varejista, para a venda direta ao consumidor, de frutas, hortaliças, carnes, pescados e grãos e produtos alimentícios industrializados, além de espaços para restaurantes e praça de alimentação.

Fonte: Ccom