Nova iorquina declara-se culpada de perseguir atriz de Hollywood

Os promotores de uma corte federal afirmam que Teresa Yuan enviou 504 e-mails e 120 vídeos de si mesma para um fansite da atriz.

Uma mulher de Nova York declarou-se nesta sexta (28) ser culpada das acusações de perseguir a atriz francesa Marion Cotillard, de ?Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge?.


Nova iorquina declara-se culpada de perseguir atriz de Hollywood

Os promotores de uma corte federal afirmam que Teresa Yuan enviou 504 e-mails e 120 vídeos de si mesma para um fansite da atriz ao longo de quatro dias em 2011.

Em alguns dos vídeos mostrados, Yuan está seminua, imita um gato e discute brincar de roleta russa. O advogado de Yuan admitiu que os vídeos pareciam ameaçadores.

Segundo o jornal Daily News, a moradora do Brooklyn de 32 anos disse a um juiz que está sob tratamento psiquiátrico para distúrbio bipolar.

A acusação prevê uma sentença de 16 meses na prisão, mas o advogado de Yuan diz que os promotores indicaram que não fariam objeção a liberdade condicional e tratamento psicológico.

Fonte: UOL