Parque Nova Potycabana vai passar por algumas reformas

Entre as mudanças serão instalados duas academias populares, coletores seletivos de lixo, melhoria na sinalização e afixação de placas educativas

O parque Nova Potycabana mal abriu e já passará por reformas. Inaugurado no último dia 16 de maio, o complexo de lazer e esportes realizará uma série de pequenos ajustes para melhorar a experiência dos freqüentadores. Para isso serão instalados duas academias populares, coletores seletivos de lixo, melhoria na sinalização e afixação de placas educativas.


Nova Potycabana vai passar por reformas em Teresina

Apesar dos benefícios gerados a sociedade e elogios colhidos pelo público, algumas deficiências incomodam a freguesia, como a falta de sinalização horizontal nas pistas de cooper, a ausência de lixeiras com coleta seletiva e a inatividade dos quiosques, que só funcionam em determinados horários do dia.

?Pratico atividade física diariamente e não poupo elogios à Potycabana, mas como vou me hidratar depois de uma atividade física se as lojistas estão fechadas? Também acho que, para ficar completo, faltam academias populares?, diz o aviador Thompson Júnior.

Felizmente, em breve os usuários do parque poderão contar com duas academias ao ar livre: uma funcional, a conhecida academia da terceira idade; e outra de musculação, nos moldes da academia do bairro Dirceu. As duas unidades contarão com acompanhamento integral de educadores físicos, mas ainda não tem previsão de inaugurar.

A administração da Potycabana avisa que o praz não foi estimulado porque os fabricantes dos equipamentos esportivos não possuem pronta entrega, mas a implantação está em fase de estudos.

Francisco Mota, presidente da Associação de Promoção da Juventude, entidade responsável pela manutenção e segurança do parque, esclarece que a coleta seletiva foi pensada desde a concepção da reforma e será implantada nos próximos 10 dias.

?Não tivemos tempo de implantar a coleta seletiva na data da inauguração, mas os lixeiros foram providenciados e serão implementados em breve. Lembrando que os lixeiros antigos continuarao funcionando?, fala.

Apesar da resposta positiva da cidade, o presidente reconhece que um problema enfrentado pela nova Potycabana é a falta de orientação educativa das pessoas.

?O público tem se comportado de forma razoável. Mas os que trazem seus bichinhos de estimação se esquecem do kit de limpeza e acabam deixando as fezes do bicho na área interna do parque, o que é errado.

Por isso estamos estudando uma campanha educativa para conscientizar as pessoas. Elas precisam cuidar do bem público, pois o patrimônio também é seu?, conclui o presidente.

Fonte: Olegário Borges