Acidente com um ônibus deixa um saldo de seis pessoas mortas

Acidente com um ônibus deixa um saldo de seis pessoas mortas

Seis pessoas morreram na batida. Os corpos estão no Instituto Médico Legal (IML) de Barreiras.

Nove das 31 pessoas feridas em acidente ocorrido na noite de sexta-feira (14), na BR-242, região oeste da Bahia, foram transferidas de Ibotirama para o Hospital do Oeste, em Barreiras. O caso mais grave, segundo os médicos, é de uma criança, que permanece na UTI pediátrica. Os outros pacientes são atendidos nas salas de curativo e gesso. Seis pessoas morreram na batida. Os corpos estão no Instituto Médico Legal (IML) de Barreiras.

Na manhã deste sábado, famíliares estavam na porta do Hospital do Oeste aguardando notícias dos pacientes. A irmã do estudante Orlando Guedes está entre os feridos. Ele diz que ficou sabendo do acidente ainda na noite de sexta-feira e afirmou que a irmã está conversando normalmente e conseguindo se mexer. "Os médicos me falaram que teve uma ruptura em uma das vértebras e vão ver se vai precisar de cirurgia ou não. Mas ela está movimentando as pernas, os braços. Está bem, graças a Deus", comemora o estudante.

O marido da empregada doméstica Ivonice Jesus também está internado no Hospital do Oeste. Segundo ela, o marido chegou a ser levado para casa após o acidente, mas na manhã deste sábado voltou a sentir dores e retornou à unidade de saúde para a realizaçao de exames. "Estou aguardando alguma notícia do médico para saber realmente o que aconteceu", disse.

Acidente

Um ônibus com 37 pessoas a bordo tombou por volta das 22h de sexta-feira (14), no km 599 da BR-242, próximo ao posto fiscal do município de Muquém do São Francisco, na região oeste da Bahia.

O veículo da empresa Rápido Federal saiu do município de Luís Eduardo Magalhães com destino a Salvador, quando o motorista perdeu o controle do veículo em uma saída de pista e tombou. O ônibus foi parar no canteiro ao lado da estrada.

De acordo com o Hospital Regional de Ibotirama, 31 feridos deram entrada na emergência da unidade de saúde após o acidente.

A PRF informou que o teste de bafômetro foi aplicado no motorista e o resultado foi negativo. As equipes de socorro e viaturas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) tiveram dificuldades para prestar socorro devido ao número de feridos. O veículo já foi retirado do local e a polícia aguarda o laudo técnico para comprovar a causa do acidente.

O G1 procurou a assessoria de imprensa da empresa Rápido Federal, mas até a publicação desta matéria não houve retorno.

Fonte: G1