Novo aumento de gasolina está previsto para o dia 1º de abril

O valor do litro subiu em R$ 0,22 no final do mês de janeiro. Já o diesel teve aumento de R$ 0,15 por litro.

O aumento do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) a partir do dia 1º de abril vai interferir no preço de compra e revenda da gasolina na Bahia.

De acordo com José Augusto Costa, presidente do Sindicombustíveis do estado, o ICMS vai aumentar 3%, de 27% para 30% o valor da cobrança, dessa forma, o empresário que compra a gasolina vai sofrer um reajuste R$ 0,12 a R$ 0,13 no valor de compra do combustível. Ainda segundo Costa, é inevitável que o aumento não chegue ao bolso do consumidor. "Nós não sabemos o valor final ainda, mas imaginamos que como o empresário vai comprar mais caro, ele  vai ter vender mais caro. Isso é uma lei de mercado. Ele não tem como escapar da questão tributária, a tendência é que aumente, mas não sei quanto a mais o consumidor vai pagar no posto", alerta.

Fevereiro

Em fevereiro, o governo anunciou que o preço da gasolina iria subir até 8%. O valor do litro subiu em R$ 0,22 no final do mês de janeiro. Já o diesel teve aumento de R$ 0,15 por litro.

A Petrobras anunciou que todo o custo será repassado na venda das refinarias para as distribuidoras, alta que chegará logo ao consumidor final. Também foi divulgado pelo Banco Central (BC) que o combustível deverá subir 8% este ano. Ainda segundo o BC, a energia elétrica ficará 27,6% mais cara em 2015. 

Fonte: iBahia