Novo reitor fará auditoria na UESPI

Carlos Alberto argumentou que fará a auditoria porque “não quer responder por mau uso dos recursos”.

O professor Carlos Alberto Pereira assumiu ontem a reitoria da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) afirmando que contratará uma empresa especializada para fazer uma auditoria das contas e patrimônio da instituição. Segundo informações repassadas para ele pela ex-reitora, Valeria Madeira, em uma reunião de trabalho, a Universidade possui atualmente uma dívida de R$5 milhões.

Carlos Alberto argumentou que fará a auditoria porque ?não quer responder por mau uso dos recursos?. ?A universidade recebe verbas federais, então, as equipes de trabalho sentarão para ver as contas e o patrimônio da instituição?, justifica, acrescentando que, apesar de ter sido vice-reitor na gestão anterior, não participava das discussões. ?Não sei em que estado encontrarei a universidade?, frisa.

Os débitos, de acordo com ele, são oriundos de atrasos nos pagamentos dos bolsistas, servidores terceirizados e fornecedores. ?Mas esses números ainda não foram oficializados. Saberemos apenas quando assumir e fazer um relatório do que foi encontrado, pontua, acrescentando que não houve o período de transição administrativa.



Segundo o novo reitor, a ex-reitora Valeria Madeira havia garantido que apresentaria um relatório de gestão, entre os dias 18 a 20 de janeiro. ?Mas isso não aconteceu. E não sabemos o porque. O fato é que estamos assumindo sem saber as reais condições da universidade?, lamenta, acrescentando que sua gestão é por um período de quatro anos.

O novo reitor garantiu que também acompanhará o processo do processo seletivo para a contratação de servidores, realizado pela ex-reitora. O processo vem sendo alvo de polêmica, onde os servidores efetivos reclamam que o mesmo foi realizado no período de recesso e por meio de edital de análise curricular. ?E esses procedimentos violam a lei 5.309?, finaliza. (M.M)

Fonte: Mayara Martins