Número de mortos por chuva na região serrana do RJ vai a 754

Foram registradas 364 vítimas fatais em Nova Friburgo, 304 em Teresópolis

De acordo com o último balanço da Secretaria Estadual de Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro, o número de mortos em decorrência das chuvas na região serrana do Estado subiu para 754 nesta quinta-feira. Foram registradas 364 vítimas fatais em Nova Friburgo, 304 em Teresópolis, 65 em Petrópolis e 21 em Sumidouro.

Os números da secretaria, entretanto, não contabilizam para São José do Vale do Rio Preto três mortes confirmadas pela Defesa Civil municipal. O balanço do Estado também não confirma uma morte em Bom Jardim, registrada pela Polícia Civil.

Mais cedo, a secretaria havia informado um número total de 765 mortes em todo o Estado, mas a informação foi corrigida depois para 746. De acordo com os dados oficiais, pelo menos 6,4 mil pessoas estão desabrigadas ou desalojadas em Petrópolis, 5.190 em Nova Friburgo e 2.240 em Teresópolis.

Com previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) de chuvas isoladas na região serrana do Rio, as buscas por corpos continuavam, principalmente em Nova Friburgo, a cidade mais afetada. No início da tarde, um helicóptero do Exército se acidentou ao tentar pousar na Ceasa em Nova Friburgo. A aeronave transportava cinco pessoas e ninguém ficou ferido com gravidade.

Mais de uma semana após os deslizamentos que deixaram centenas de mortos, os empresários de Teresópolis tentam, reverter a imagem de que a cidade foi destruída. Segundo representantes da indústria hoteleira da região, 26% dos hoteis e pousadas foram fechados. Comerciantes criaram um comitê de estratégia para tentar atrair turistas de volta.

Em Brasília, a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, disse que o governo pretende liberar, ainda neste ano, R$ 5,5 bilhões em recursos da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para obras de contenção de encostas e drenagem, na tentativa de evitar deslizamentos de terra como os que atingiram a região serrana do Rio de Janeiro. Os projetos ainda serão selecionados.

Chuvas na região serrana

As fortes chuvas que atingiram os municípios da região serrana do Rio nos dias 11 e 12 de janeiro provocaram enchentes e inúmeros deslizamentos de terra. As cidades mais atingidas são Teresópolis, Nova Friburgo, Petrópolis, Sumidouro e São José do Vale do Rio Preto. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), choveu cerca de 300 mm em 24 horas na região.























































Fonte: Terra, www.terra.com.br