Número de mulheres que fazem exames de prevenção do câncer está abaixo do recomendado

Carreta da Mulher irá percorrer vários municípios do Piauí

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA TERÇA-FEIRA (02) DO JORNAL MEIO NORTECONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA TERÇA-FEIRA (02) DO JORNAL MEIO NORTE

O número de mulheres que realizam exames de prevenção do câncer, no Piauí, ainda está bem abaixo do que é preconizado pelo Ministério da Saúde. Para tentar amenizar esse problema, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) passa a oferecer um serviço itinerante de prevenção da doença, por meio de uma carreta equipada para a realização de exames, que irá percorrer vários municípios do Piauí. A ação deverá aumentar em 40% o número de exames realizados nessa área.

Na Carreta da Mulher serão realizadas mamografias e ultrassonografias, em mulheres com idade entre 40 e 69 anos. “Nós sabemos que em todo o Brasil essa cobertura da prevenção do câncer pelo SUS ainda não é ideal, mas essa iniciativa da Sesapi irá ajudar bastante essas mulheres de todo o Estado”, disse o vice-presidente da Fundação Maria Carvalho Santos, Luis Ayrton Santos.

O secretário Estadual de Saúde, Mirocles Veras, afirma que essa iniciativa vai beneficiar principalmente as mulheres do interior do Piauí, que tem mais dificuldades de realização desses exames. “Esse projeto vai ajudar de forma efetiva a prevenção e diagnóstico do câncer. Ele vai salvar vidas. E não é apenas essa carreta que percorrerá o Piauí. No total, serão quatro veículos desse tipo, que serão equipados para atender essas mulheres”, disse.

Clique aqui e curta a página do Meio Norte no facebook

Fonte: Pollyana Carvalho