Número de vítimas fatais em acidentes de trânsito em Teresina cresce 41%

Os numeros de morotos nos acidentes de trânsito aumentaram, mesmo diminuído o número total de vítimas

O número de vítimas de acidentes de trânsito, em Teresina, diminuiu no primeiro trimestre desse ano, em relação ao mesmo período do ano passado. No entanto, o número de mortes no trânsito cresceu 41% entre janeiro e março de 2014, em relação aos mesmos meses de 2013. Os dados são do Projeto Vida no Trânsito e foram divulgados na última segunda-feira (08), pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans).

A gerente de Educação no Trânsito da Strans, Samira Mota explica que os índices de mortes no trânsito cresceram, embora tendo diminuído o número total de vítimas, pelo fato de os acidentes mais graves estarem se tornando mais comuns. “Hoje os acidentes estão mais brutais e um dos motivos é o excesso de velocidade. Quando você está acima da velocidade permitida, o seu tempo de reação é muito menor, seu reflexo diminui e acaba não tendo tanto tempo para poder evitar o acidente”, disse.

Os homens ainda ocupam a primeira posição no ranking em número de envolvimento com acidentes. Nos primeiros três meses do ano eles corresponderam a 90,2% do número de vítimas fatiais, contra 9,8% de mulheres. Em número de vítimas graves eles também foram maioria, correspondendo a 85,5% do total, contra 14,5% de vítimas do sexo feminino.

Fonte: Pollyana Carvalho