"Nunca vi tanta água", diz Sílvio Mendes ao sobrevoar Teresina

O prefeito destacou que a estrada da Santa Maria da Codipi tem um ponto de alagamento, mas continua passando veículos

"Eu nunca vi tanta água". Foi o que disse o prefeito Sílvio Mendes ao sobrevoar a zona rural de Teresina no final da tarde desta terça-feira, dia 05. "As estradas estão cortadas, as famílias estão isoladas, pedimos calma a população que estamos trabalhando para assistir todas as famílias. O problema maior são as comunidades ribeirinhas ao Rio Poti", disse Sílvio Mendes.

O prefeito destacou que a estrada da Santa Maria da Codipi tem um ponto de alagamento, mas continua passando veículos. O dique do Mocambinho está sendo trabalhado e não tem risco para os moradores. Existe muita água na ponte Wall Ferraz que continua internditada, mas não existe risco de alagamento nas pontes da Frei Serafim e Primavera.

Em virtude dos danos provocados pelas chuvas em Teresina, o prefeito Sílvio Mendes entregou hoje (05) ao Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, projeto solicitando recursos na ordem de R$ 51.350.000,00 para execução do Plano de Obras Emergenciais. O Plano visa realizar intervenções urgentes nos sistemas de drenagem, viário e de proteção contra cheias dos rios da capital. ?São investimentos para solucionar os problemas imediatos, evitar problemas futuros e minimizar os danos causados com as chuvas de agora?, disse Silvio Mendes.

Segundo o secretário de Planejamento de Teresina, Freitas Neto, as obras no sistema de drenagem urbana abrangem a implantação do sistema de Macrodrenagem dos Bairros São Cristóvão e Jockey Clube, zona Leste da cidade, e a construção do canal de drenagem da Vila da Paz, com toda a urbanização das margens. ?Essas intervenções estão orçadas em R$ 28.350.000,00 e são para solucionar os problemas de inundações dessas regiões?, afirmou Freitas Neto.

Fonte: Ananias Ribeiro, meionorte.com