‘Nunca vi uma situação tão triste’, diz técnico que flagrou vaca em árvore

Animal foi arrastado pelo córrego Mato Queimado, em Quedas do Iguaçu. No Paraná, 438 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas, diz Defesa Civil.

?Foi muito comovente. Nunca vi uma situa??o t?o triste como a daquele animal ali, pendurado na ?rvore, morto. Nada explica como ele foi parar l??, disse o t?cnico agropecu?rio Lindomar Pereira, que flagrou uma vaca encontrada presa ? vegeta??o depois de ser arrastada pela correnteza do c?rrego Mato Queimado, em Quedas do Igua?u, no oeste do Paran?. Pereira atende o munic?pio h? 12 anos. A cidade ? uma das 135 afetadas pelas chuvas que atingiram o estado entre s?bado (7) e domingo (8).

?

Segundo o t?cnico, at? a manh? desta ter?a-feira (10) o dono da vaca, que foi retirada da ?rvore na segunda (9), n?o havia sido identificado. ?Ningu?m conhece o animal e n?o h? marcas de propriedade que ajudem na identifica??o. Mas, diante de tantas perdas, mais importantes, dificilmente a gente vai saber de quem era?, comentou ao calcular que das cerca de 60 fam?lias que moram na Linha Estrela e vizinhan?a, ao menos seis perderam quase tudo. O c?rrego subiu mais de cinco metros.

?

Ainda conforme Pereira, a cidade teve preju?zos tanto na ?rea urbana quanto na rural. De acordo com o ?ltimo boletim divulgado pela Defesa Civil Estadual, ?s 12h desta ter?a-feira (10), 32.843 pessoas foram prejudicadas na cidade pelo temporal que atingiu todo o estado entre s?bado (7) e domingo (8). A maior parte das ocorr?ncias, conforme o boletim, foi por causa de ventos fortes e alagamentos. Um morador morreu e tr?s ficaram feridos. Em todo o Paran?, o temporal afetou 438.880 pessoas e nove morreram.

?

A Defesa Civil deu in?cio a uma campanha para ajudar os desabrigados do temporal. H? necessidade de colch?es, cobertores, roupas de cama, fraldas, ?gua, materiais de higiene e limpeza, roupas e cestas b?sicas.

Fonte: G1 Globo
Tópico