O2 Pursuit é projeto de moto movida a ar que dispensa combustível para se locomover; fotos!

O2 Pursuit é projeto de moto movida a ar que dispensa combustível para se locomover; fotos!

A ideia de Benstead ganhou o mundo ao se destacar entre os 15 melhores projetos inscritos no James Dyson Awards

Cada vez mais são criados projetos na área automotiva cujo foco é a preservação do meio ambiente. Baterias, células de hidrogênio e energia solar são os termos mais utilizados desse vocabulário que também está ganhando cada vez mais espaço entre as motocicletas. Entretanto, o designer industrial australiano Dean Benstead resolveu radicalizar e construiu a O2 Pursuit que, como o próprio nome diz, utiliza o oxigênio para se locomover.



Desenvolvida com base em uma WR 250R, doada pela Yamaha Austrália, a moto teve o seu chassi de alumínio modificado para receber o pequeno propulsor movido a ar próximo aos pedais e o tanque de combustível convencional deu lugar a um cilindro de ar comprimido, que é o mesmo utilizado pelos mergulhadores. As outras alterações feitas pelo designer incluem dois pequenos faróis redondos posicionados um sobre o outro e uma discreta lanterna traseira própria dos modelos de trilha.

A ideia de Benstead ganhou o mundo ao se destacar entre os 15 melhores projetos inscritos no James Dyson Awards. A premiação australiana é oferecida para inovações na área de design criadas por estudantes que se encaixem na proposta de ?desenhar algo capaz de resolver o problema?. O prêmio é disputado por talentos de 18 países, que recebem quantias em dinheiro e, principalmente, funciona como vitrine para grandes empresas e estúdios.



O motor criado pelo engenheiro italiano radicado em Melbourne, Angelo DiPietro, tem funcionamento semelhante ao de um motor a explosão monocilíndrico. Todavia, as válvulas que misturam ar e combustível dentro de um cilindro que funciona geralmente na vertical são substituídas por seis injetoras de ar comprimido que cercam um cilindro horizontal. O ar, portanto, é impulsionado em sequência para fazer o cilindro girar. Dentro dele, por sua vez, o pistão assume a função de virabrequim que transmite o trabalho gerado para um conjunto convencional formado por coroa, corrente e pinhão, como acontece na maioria das motocicletas.

De acordo com Dean Benstead, o pequeno motor pesa apenas 11 kg e é suficiente para garantir uma velocidade máxima perto dos 140 km/h, enquanto o cilindro de oxigênio que substitui o tanque tem autonomia para três horas de passeio a uma velocidade de 60 km/h. No quesito freios, a O2 Pursuit não decepciona e os discos padrão do modelo, com diâmetro de 250 mm na dianteira e 230 mm na roda traseira, foram substituídos por dois discos Brembo tipo wave de 200 mm de diâmetro.

Já as suspensões foram mantidas. Desta forma, a moto de Dean Benstead conserva o garfo invertido dianteiro e o monoamortecedor traseiro, ambos de 269 mm de curso da WR 250R original. Embora o peso real da moto não tenha sido divulgado, segundo o designer australiano, ela toda pesa menos de 100 kg, incluindo o cilindro com capacidade para 9 litros de ar comprimido. O que é cerca de 35 kg a menos do que a moto original com o tanque cheio.



A questão da sustentabilidade na O2 Pursuit não se resume apenas ao sistema de propulsão da moto. Para uma possível versão de produção do modelo, Benstead também planejou a colocação de painéis fotovoltaicos flexíveis na carenagem para absorver energia solar. Armazenada em uma bateria localizada abaixo do paralama traseiro, essa carga seria utilizada para alimentar o farol e a lanterna.

Para que a ideia de uma moto movida a ar comprimido realmente convencesse como alternativa real de transporte urbano, foi criada toda uma estrutura de apoio. Assim, os postos de gasolina também teriam seu papel no abastecimento das motos a ar. Segundo o plano de Dean Benstead é que eles passem a contar com pontos de troca de cilindro (localizados via GPS), uma vez que seria menos demorado substituir o reservatório vazio por um cheio e o motociclista poderia adquirir cotas que dão direito a uma quantidade mensal ou anual de cilindros.

Para quem apostava que as baterias eram solução definitiva para acabar com os combustíveis fósseis nos meios de transporte, a O2 Pursuit e sua estrutura de apoio surgem como uma inusitada surpresa. Mas e você? Já está convencido de que o futuro pode ser movido a ar?

Fonte: UOL