OAB cria comissão para analisar a legalidade do Concurso do TJ-PI

A criação da comissão especial aconteceu em sessão desta quinta(31)

O Conselho Pleno da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Seccional Piauí, aprovou a criação da Comissão Especial para Analisar a Legalidade do Concurso Público do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), durante sessão ordinária ocorrida na noite dessa quinta-feira (31).

A Comissão será presidida pelo conselheiro seccional Roosevelt Vasconcelos, que também preside a Comissão de Valorização do Concurso Público da OAB-PI, e terá como membros os advogados Tiago Saunders, conselheiro seccional, e Élida Fabrícia, secretária geral adjunta da entidade. Os advogados terão quinze dias, após o recebimento, para analisar o inquérito da Polícia Civil e apresentar um relatório ao Conselho Seccional para que a OAB-PI tome seu posicionamento diante do fato.


Sede da OAB
Sede da OAB




Fonte: Portal MN