OAB já registrou oito golpes na previdência social do PI

Os golpes contra pessoas que pagam previdência social estão muito comuns em Teresina

Os golpes contra pessoas que pagam previdência social estão muito comuns em Teresina. Segundo o presidente da Comissão de Defesa dos Direitos dos Idosos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PI), Humberto Augusto Teixeira, do final do ano passado até agora eles já registraram oito casos de pessoas que foram lesadas ou sofreram uma tentativa de golpe.

Quem foi vítima recentemente desse tipo de tentativa foi a funcionária pública Maria de Jesus Batista. Ela conta que recebeu uma correspondência da empresa de São Paulo CSPP, comunicando que sobre um plano de previdência social. ?Na correspondência, eles pediam que eu ligasse para um número que havia no documento. Quando eu liguei, eles disseram que eu tinha direito a receber mais de R$ 72 mil de pecúlio e uma pensão vitalícia de cinco salários mínimos, mas que para isso eu precisaria pagar a previdência por 13 anos?, disse.

Ela conta que teve certeza que era golpe quando sua filha procurou referências da empresa na internet e apareceram notícias de que ela estava aplicando golpe nas pessoas. ?Eu já deveria ter desconfiado de que não era nada sério, pois a empresa se dizia de São Paulo, mas o envelope do documento vinha do Acre?, afirmou.

Fonte: Pollyanna Carvalho