Olhar para seios femininos contribui para saúde masculina, diz pesquisa

A história teria sido publicada em um tabloide sensacionalista, sendo replicada por vários veículos de comunicação que não verificaram os fatos com os devidos cuidados.

Um texto com um suposto resultado de uma pesquisa dizendo que homens que olham diariamente para os seios femininos vivem mais, circula na internet desde 2000, causando curiosidade e polêmica.

De acordo com as mídias que veicularam a notícia, o texto teria sido divulgado no New England Journal of Medicine, uma publicação que divulga estudos, pesquisas e as últimas descobertas no mundo da medicina, pela Doutora Karen Weatherby, uma gerontologista de um hospital em Frankfurt, na Alemanha.

O texto divulgado em várias páginas da internet diz:

“Excelente notícia para os admiradores de mulheres: olhar para os seios femininos é bom para a saúde dos homens e pode acrescentar anos à sua vida, foi o que os médicos especialistas descobriram”. Na publicação ainda foi dito que “apenas 10 minutos olhando para os encantos de uma mulher bem-dotada é o equivalente a 30 minutos de exercícios aeróbicos”. A conclusão dos envolvidos na pesquisa foi feita com base na comparação surpreendente da saúde de 200 pacientes ambulatoriais do sexo masculino, metade dos quais foram instruídos a olhar para as mulheres de seios grandes diariamente. A outra parte não realizou o pedido. A pesquisa revelou então que, após cinco anos, os homens que haviam observado os seios tinham uma pressão arterial mais baixa, taxas de pulsação em repouso mais lentas e menos casos de doença arterial coronária.

Porém, o site About Entertainment chegou à conclusão de que o texto é totalmente mentiroso, informando que o estudo nunca feito realmente. Ao entrar no site New England Journal of Medicina, nenhum resultado sobre o assunto é encontrado, inclusive não há nenhum texto publicado pela suposta Doutora, que na verdade pode nem existir.

A história teria sido publicada em um tabloide sensacionalista, sendo replicada por vários veículos de comunicação que não verificaram os fatos com os devidos cuidados.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Gadoo