Onça pintada está se adaptando bem ao Parque Zoobotânico em Teresina

Ainda um pouco estressada, por conta de uma viagem de mais de mil quilômetros

A on?a pintada que o Parque Zoobot?nico de Teresina ganhou de um criat?rio particular do Estado do Par? est? se adaptando bem ao seu novo lar. Ainda um pouco estressada, por conta de uma viagem de mais de mil quil?metros, o animal passa boa parte do tempo deitado.

O coordenador de Parques da Secretaria Estadual do Meio-Ambiente e Recursos H?dricos(Semar), Jos? Renato Uchoa, explicou que a on?a ainda ? um filhote, de apenas seis meses de idade, e que o estresse ? normal, diante do longo percurso da viagem.

A bi?loga Talita Ximenes, que acompanha a alimenta??o de todos os animais do Zoobot?nico, disse que, mesmo estressada, a on?a pintada est? se alimentando bem, comendo diariamente quatro quilos de carne e frango, alternadamente. ?Estamos mantendo a mesma alimenta??o que o animal tinha no Par?.

Por outro lado, Jos? Renato anunciou, na manh? desta segunda-feira (29), que dentro de no m?ximo seis meses o Zoobot?nico de Teresina ganhar? uma on?a preta, a pantera. O animal ser? doado tamb?m pelo criat?rio paraense que doou a on?a pintada.

A administra??o do Parque Zoobot?nico tamb?m tem interesse em adquirir animais de grande porte, como elefante, girafa e zebra, mas precisa ainda preparar os locais onde eles dever?o ficar. ?Este processo ainda vai demorar um pouco, mas vamos conseguir?, conclui Renato.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br