Onda de calor mata 80 na Índia e prejudica safra do trigo

Nova Déli registrou uma temperatura máxima de 43,7o C no sábado

NOVA DÉLI (Reuters) - Uma severa onda de calor já matou mais de 80 pessoas este mês na Índia, onde as temperaturas chegam perto de 44 graus Celsius, as mais elevadas em 52 anos, afirmaram autoridades neste domingo.

O clima ardente, que autoridades dizem que pode prevalecer nas regiões norte, noroeste e central do país pelas próximas 48 horas, também pode ter impacto sobre a produção de trigo, afirmaram exportadores e associações de produtores.

Nova Déli registrou uma temperatura máxima de 43,7o C no sábado, indicando um verão quente nos próximos dois meses na capital e em outras partes da Índia.

A temperatura mais elevada nas últimas 24 horas foi 47o C na cidade de Ganganagar, no Estado de Rajasthan. As temperaturas de verão tem sido de 4 a 6 graus acima do normal na maior parte das regiões norte e central do país desde março.

Fonte: Yahoo