ONG traz 300 médicos intercambistas do exterior para estágio no PI

Atualmente a ONG IFSMA no Piauí tem cerca de 30 professores da UFPI

A IFMSA Brazil é uma Organização Não Governamental (ONG) composta por estudantes de Medicina de todo Brasil e que possui três comitês que atuam em Teresina. A entidade desenvolve educação médica através de eventos científicos, treinamentos e intercâmbios nacionais e internacionais.

Os comitês instituídos no Estado funcionam na Universidade Federal do Piauí, na Universidade Estadual do Piauí e na UniNovafapi. De acordo com a presidente do comitê da Ufpi, Thays Vasconcelos, em 12 anos de existência, a ONG já enviou e recebeu do exterior em torno de 300 intercambistas, entre médicos graduados e acadêmicos em medicina.

"O nosso intercâmbio funciona de forma bilateral, todos os alunos que viajam para fazer um intercâmbio também tem que receber algum intercambista em casa. O intercâmbio dura 1 mês e nesse período o intercambista faz um estágio clínico ou cirúrgico na especialidade escolhida por ele previamente", explica Thays.

O médico urologista Giuliano Aita é um dos tutores da ONG e recebeu nesta semana o médico italiano Fabrizio. O rapaz é recém-formado e nasceu na cidade de Sícilia, na Itália.

Segundo o médico Giuliano, o italiano irá ficar 45 dias no Piauí desenvolvendo atividades baseadas conforme a agenda do urologista. "Essa é a primeira vez que sou tutor desse importante convênio. O médico italiano já está me acompanhando nos procedimentos que faço para se especializar na área dele", contou Giuliano.

Atualmente a ONG IFSMA no Piauí tem cerca de 30 professores da UFPI que auxilia nos estágios e no intercâmbios dos alunos. Além disso, todo o comitê ajuda na recepção do intercambistas, levando quase que diariamente para fazer alguma atividade, e passeio social.

Fonte: Thays Teixeira e Izabella Pimentel