Operação Férias já registra 23 acidentes no Piauí, diz Polícia Rodoviária Federal

Operação Férias já registra 23 acidentes no Piauí, diz Polícia Rodoviária Federal

A Polícia Rodoviária Federal do Piauí já registrou 23 acidentes nas rodovias que cortam o Estado durante a Operação Férias

A Operação de Férias da Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciada na sexta-feira, 05, já registrou 23 acidentes, 06 mortos, 16 feridos e 13 multas de alcoolemia com 06 pessoas detidas por crime de trânsito (ingestão de álcool).

Dentre as seis vítimas fatais, 03 eram pedestres que perderam a vida em razão de atropelamento.

Intensificar a fiscalização nos postos que têm um maior fluxo de veículos é a meta da operação, que está articulada com radares, etilômetros e todo o corpo de policias rodoviários mobilizados para coibir a imprudência e excessos dos motoristas que possam resultar em acidentes.

Esta operação está focada fundamentalmente nos postos das vias que levam ao litoral. ?A gente reforça, onde achamos que tem mais movimento?, declara o inspetor da PRF, Isaías Segundo. Ele afirma que os 180 policiais serão redistribuídos de modo a atender as áreas de maior demanda. Em todas as saídas a maior movimentação é no fim de semana no sentido litorâneo, Parnaíba e Luís Correia.

Segundo o inspetor, o principal motivo desses acidentes é a falta de atenção dos condutores, acrescida da desobediência à sinalização, velocidade excessiva, ingestão de bebida alcoólica e imprudência em não guardar distância segura, principalmente nas ultrapassagens, que são a principal causa das colisões frontais. Ele acrescenta que, curiosamente, os acidentes não acontecem em situações adversas. Geralmente ocorrem durante o dia, com tempo ensolarado e em pista reta.

Ele ressalta que esta operação da polícia é importante, mas que a prevenção dos acidentes depende, sobretudo, da postura dos condutores, que devem atentar para alguns pontos que podem evitar acidentes. Dentre estes, ele destaca a manutenção do veículo antes de pegar a estrada, uso do cinto de segurança, respeito à sinalização e a velocidade, e principalmente não fazer uso de bebidas alcoólicas quando pegar o volante.

Fonte: Vicente de Paula