Operário infarta e Manaus registra segunda morte em obras da Copa, segundo informações da PM

Operário infarta e Manaus registra segunda morte em obras da Copa, segundo informações da PM

Em nota divulgada à imprensa, o governo do Estado do Amazonas confirmou a morte.

Um operário que trabalhava nas obras do Centro de Convenções do Amazonas, ao lado da Arena da Amazônia, morreu neste sábado. José Antônio da Silva Nascimento, de 49 anos, teve um infarto, segundo informações da Polícia Militar do Amazonas.

Em nota divulgada à imprensa, o governo do Estado do Amazonas confirmou a morte. A vítima trabalhava na Conserge, empresa que presta serviço para a Unidade de Gestão Metropolitana. Ele morreu enquanto prestava serviço de limpeza e terraplanagem para o asfaltamento do Centro de Convenções da Amazônia, localizado na Avenida Pedro Teixeira.

"José Antônio se sentiu mal quando subiu em uma caçamba. Uma ambulância do Samu foi acionada imediatamente para realizar o atendimento, mas o trabalhador não resistiu. A Conserge está dando toda a assistência necessária à família da vítima", diz o comunicado do governo do Amazonas.

A morte aconteceu poucas horas após um operário cair e falecer na Arena da Amazônia, que está sendo construída em Manaus e receberá jogos da Copa do Mundo de 2014.

O acidente no estádio aconteceu na madrugada deste sábado. A vítima foi o cearense Marcleudo de Melo Ferreira, 22 anos, que trabalhava na instalação dos refletores do estádio , no turno da madrugada e morreu após sofrer uma queda do local onde estava. Ele chegou a ser levado para o Hospital 28 de Agosto, em Manaus, mas não resistiu aos ferimentos. As obras da arena foram paralisadas depois do ocorrido.

Em nota, a Andrade Gutierrez, construtora da obra do estádio de Manaus, confirmou o acidente. Segundo a empresa, o operário caiu de uma altura de 35 metros. Ele é funcionário de uma empresa subcontratada que presta serviços na montagem da cobertura do estádio.

"Reiteramos o compromisso assumido com a segurança de todos os funcionários e que uma investigação interna está sendo feita para apurar as causas do acidente. As medidas legais estão sendo tomadas em conjunto com os órgãos competentes. Lamentamos profundamente o acidente ocorrido e estamos prestando total assistência à família do operário. Em respeito à memória do mesmo, os trabalhos deste sábado foram interrompidos", afirmou a Andrade Gutierrez, em nota.

Fonte: UOL