Organização Mundial da Saúde declara fim de surto de Ebola

Organização Mundial da Saúde declara fim de surto de Ebola

Os dados do porta-voz da OMS confirmaram as contagens

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou nesta sexta-feira (21) que o surto de Ebola na República Democrática do Congo está superado após ninguém ter manifestado sintomas passados dois períodos de incubação desde o último caso.

O surto, o sétimo a ser registrado no país antigamente conhecido como Zaire desde que o vírus foi identificado em 1976, não tinha relação com o que se espalha pela África Ocidental, onde mais de 5.400 pessoas já morreram.

Na semana passada, autoridades congolesas disseram que 49 pessoas morreram entre as 66 infectadas pela doença da remota província Equateur, no noroeste do país, durante os três meses em que durou o surto. Os dados do porta-voz da OMS confirmaram as contagens.

Para que a agência de saúde da ONU declare encerrado um surto de Ebola, é preciso que se passem dois períodos consecutivos de 21 dias de incubação sem que nenhuma caso tenha sido detectado.

"Tendo alcançado a marca de 42 dias, a República Democrática do Congo é agora considerada livre da transmissão de Ebola", disse a OMS em comunicado.

"A OMS enaltece a República Democrática do Congo pela forte liderança e coordenação efetiva na resposta (à doença), incluindo a rápida mobilização de uma equipe de resposta formada por especialistas no condado de Jeera, identificando e monitorando contatos e organizando enterros seguros", disse a OMS.

Fonte: mundopocket