Oscar Niemeyer deixa projetos no papel e obras em execução em vários países; fotos!

Oscar Niemeyer deixa projetos no papel e obras em execução em vários países; fotos!

No início do ano, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, encomendou a Niemeyer uma nova quadra para a escola de samba Mangueira.

Homenageado com exposições, títulos e condecorações ano após ano, o arquiteto Oscar Niemeyer continuou projetando obras em vários cantos do planeta até o fim de sua vida.

Em abril, assinou projeto comercial ao lado do Sambódromo, no Rio, chamado REC, para salas comerciais e hotelaria. A previsão é que o edifício esteja pronto até a Copa de 2014.

No início do ano, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, encomendou a Niemeyer uma nova quadra para a escola de samba Mangueira. Ainda para a capital fluminense, o arquiteto havia elaborado uma nova casa de shows.

Recebeu também a encomenda de um novo complexo administrativo para a Prefeitura de Curitiba.

Recentemente, o arquiteto havia voltado, ainda, a desenvolver um projeto para a cidade de Argel. O prédio da Biblioteca dos Países Árabes e Sul-Americanos dividirá a paisagem da capital argelina com outras obras desenhadas por Niemeyer durante a década de 1970. O plano era que a construção começasse ainda em 2012.

Em Niterói, onde está um de seus principais trabalhos, o Museu de Arte Contemporânea (MAC), será erguida uma torre em formato de cogumelo de 60 metros.

Outro projeto de grandes dimensões concebido pelo arquiteto, a construção da praça da Soberania, em Brasília, foi abandonado após o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) informar que o obelisco de cem metros de altura, que seria erguido no Eixo Monumental, infringiria o tombamento da capital.

Com a confirmação da realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, Niemeyer planejou ao lado de José Carlos Sussekind o estádio João Saldanha, que deveria ser construído em Rondônia. Entretanto, o Estado foi preterido na escolha das sedes do evento.

Niemeyer também lançou o projeto da Universidade de Música e Artes Cênicas Daisaku Ikeda, em Araraquara (SP), em junho de 2010, e projetou um museu em Havana.

A nova sede do governo mineiro, em Belo Horizonte, projetada pelo arquiteto, foi inaugurada em abril de 2010. No início daquele mesmo ano, também foi aberto ao público o Auditório de Ravello, último projeto do arquiteto na Itália.

Autor de diversos livros sobre arquitetura e outros temas, Niemeyer lançou a quarta edição da revista "Nosso Caminho", editada ao lado da mulher, Vera Lúcia, além de publicar "Oscar Niemeyer 1999-2009", obra ilustrada que revisita trabalhos realizados na década.





















































Fonte: Folha