Oscilações de energia geram prejuízos aos moradores do grande Dirceu

Oscilações de energia geram prejuízos aos moradores do grande Dirceu

Os moradores do Bairro Dirceu II estão enfrentando diversos transtornos e perdendo seus aparelhos eletrônicos em razão das constantes oscilações

Moradores do Bairro Dirceu II, na zona Sudeste de Teresina, reclamam das constantes oscilações e falta de energia na região. O problema foi agravado na ultima semana, pois faltou luz durante três dias seguidos e no mesmo horário, 22 horas, entre os dias 25, 28 e 29 de outubro. O retorno da fornecimento era esperado apenas durante a madrugada.

De acordo com a Eletrobras, o problema já foi solucionado e os moradores não notaram mais falta de energias nesses horários fixos, entretanto ainda temem pela oscilações que são um problema mais antigos e frequente, sem hora para acontecer.

Os moradores da região afirmaram que além do forte calor enfrentado à noite, muitos tiveram prejuízos com equipamentos elétricos queimados e alimentos estragados nas geladeiras.

A proprietária de locadora, Claudiana Moura, disse que nos últimos dias perdeu um videogame devido às quedas de energia e que custa em média R$ 1.000. ?Já trocaram os postes, mas não melhorou muita coisa e recentemente por conta das quedas de luz eu perdi um Playstation, que é um instrumento de trabalho?.

Ela conta que no mês de abril, no período das chuvas, um raio atingiu a região o que fez a vizinhança quase toda ter grandes prejuízos. Ela conta que acumulou cerca de R$ 7 mil em perdas, com videogames, computadores, estabilizadores e outros equipamentos queimados. ?Não é só isso. Com cada queda de energia, eu perco clientela?.

O comerciante Francisco das Chagas Batista também sofre com as quedas de energia e ainda amarga os prejuízos acumulados com caixa registradora, computador e freezer queimados após o mesmo raio que atingiu a região em Abril deste ano.

No momento, ele que comercializa frios, teme mais prejuízos com produtos estragados. ?Não dá pra confiar nessa energia. Os produtos que ficam na geladeira sofrem com o congelamento e descongelamento frequente e começam a deteriorar?.

A dona de casa Jovelina Alves de Morais, vende refrigerantes e reclama das quedas de luz atrapalham o comércio, dificultando a venda das bebidas geladas, muito procuradas com o calor.

No loteamento Vitória, ligado ao Bairro Alto da Ressurreição, há reclamações a respeito do fornecimento de energia elétrica. A dona de casa aposentada Maria Edite da Silva afirmou que a situação mais comum em sua residência e nas vizinhanças é a queda nas fases da energia ao anoitecer.

?Quando o relógio marca mais ou menos 18 horas a energia fica fraca de um jeito que não dá para ligar a televisão nem outros aparelhos?.

b>Eletrobras diz que deixou equipe de plantão

Em comunicado oficial, a distribuidora Eletrobras informou que os problemas no fornecimento de energia ocorridos nos dias 25, 28 e 29 deste mês, por volta das 22h no bairro Dirceu, foram relacionadas a uma ocorrência na subestação Renascença e que já foi solucionada.

Informou também que para garantir o fornecimento de energia tranquilamente disponibilizou uma equipe de plantão na subestação Renascença. A Eletrobras Distribuição Piauí informou ainda que está construindo mais um alimentador na subestação Renascença, que atende toda região do grande Dirceu e bairros vizinhos, para garantir maior confiabilidade no fornecimento de energia para a população.

Devido a esse trabalho de melhoria, a Eletrobras pediu a compreensão dos consumidores da região, pois podem ocorrer pequenos desligamentos de energia durante a execução do serviço. A empresa tem investido R$ 9,8 milhões na ampliação do sistema.

Fonte: Samira Ramalho