Paciente é esquecido por cinco horas em ambulância

O incidente ocorreu na semana passada, quando o paciente foi recolhido no hospital às 19h15

Autoridades de saúde da cidade de Manchester pediram desculpas a um paciente que passou cinco horas trancado em uma ambulância depois de ser esquecido pelo motorista, que tinha ido para casa.

O homem, de 65 anos, ficou preso na garagem de ambulâncias de Sherston, em Wythensawe, depois de ter sido recolhido em um hospital.

Ele deveria ter sido levado para a casa de repouso onde mora, mas como ele não retornou, a direção da casa entrou em contato com o hospital.

O Serviço de ambulâncias da região afirmou que já abriu um inquérito para investigar o caso, e que um de seus funcionários "foi suspenso imediatamente".

Garagem

O incidente ocorreu na semana passada, quando o paciente foi recolhido no hospital às 19h15, hora local.

Em vez de ser transportado para a casa de repouso, ele foi levado para a garagem, onde permaneceu até a 1h do dia seguinte, hora local.

O serviço de ambulâncias disse ter recebido uma chamada da casa de repouso às 20h30 e mais tarde enviou outro funcionário à garagem para recolher a documentação do paciente e descobrir para onde o paciente havia sido levado, quando ele foi descoberto.

"Sentimos muito que este incidente tenha ocorrido", disse um porta-voz do serviço de ambulâncias.

"Isso nunca aconteceu antes e nunca vai acontecer de novo."

"Nos encontramos com o paciente e sua família para discutir o assunto e vamos permanecer em contato com eles durante o processo."

O paciente foi examinado por paramédicos depois de ter sido encontrado e levado de volta para o hospital para novos exames.

Fonte: g1, www.g1.com.br