Padre que comprou carro luxuoso pede afastamento da igreja no ES

Segundo a Arquidiocese de Vitória, ele deve assumir outra paróquia.

Após comprar um carro de luxo usando dinheiro da igreja, o padre Pedro Camilo anunciou seu afastamento da Paróquia de Nossa Senhora do perpétuo Socorro, em Vila Velha, durante uma missa no sábado (3). De acordo com a Arquidiocese de Vitória, o religioso vai passar um período longe de seu cargo antes de assumir funções em outra paróquia no estado, local que ainda não foi definido. O veículo já foi vendido. O padre não foi localizado pela reportagem para explicar seu afastamento.


Padre que comprou carro luxuoso pede afastamento da igreja no ES

O veículo foi adquirido no mês de julho deste ano e a compra gerou polêmica entre os fiéis. De acordo com o sacerdote, o carro foi comprado em nome da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e custou R$ 86 mil, sendo R$ 29 mil retirados das próprias economias. O padre negou qualquer motivação de ostentação na compra. O arcebispo de Vitória afirmou que os padres podem ter bens e não fazem votos de pobreza, mas são aconselhados a fazer doações. Para o Papa Francisco, os sacerdotes devem dar exemplo de simplicidade, conforme foi pregado na Jornada Mundial da Juventude.


Padre que comprou carro luxuoso pede afastamento da igreja no ES

A Arquidiocese informou que, após a repercussão do caso, o carro já foi vendido e o dinheiro está no fundo paroquial. Na época da compra, o padre alegou que foi feita para "exercício da função". Ainda por conta da situação gerada com a compra, o religioso e a paróquia sentiram a necessidade do afastamento.

Por enquanto, não há padre para substituí-lo na igreja, pois isso depende do deslocamento de um sacerdote de outra paróquia para a função, mas segundo a Arquidiocese isso já está sendo providenciado. O período que o padre Pedro Camilo vai ficar em retiro não foi informado e ainda não foi decidido para qual paróquia ele será designado após esse tempo.

Fonte: G1