Pai de assessor de prefeito afirma que não tem mais esperanças

Segundo ele, não houve desespero durante o encontro do ministro com os familiares

Aldair Gomes de Oliveira, pai de Marcelo Parente - chefe de gabinete do prefeito Eduardo Paes, que estava no voo 447 da Air France - afirmou ao deixar a reunião com o ministro Nelson Jobim, realizada nesta terça-feira (2), que não acredita mais em sobreviventes.

?A minha preocupação é encontrar o corpo do meu filho?, disse Aldair.

Segundo ele, não houve desespero durante o encontro do ministro com os familiares. Na reunião, Jobim informou aos familiares dos passageiros que destroços do avião haviam sido encontrados.

No entanto, segundo Aldair, algumas pessoas ainda alimentavam expectativas de que o avião pudesse ter feito algum pouso em uma ilha, e de que haveria sobreviventes.

?Algumas pessoas perguntaram se havia possibilidade do avião pousar em uma ilha, mas ele disse que era impossível, que o local era ermo?, contou. ?Alguns ainda estão na expectativa, mas eu acho que ninguém tem mais dúvida em relação à queda. Acho que ninguém alimenta mais a esperança de que teria uma ilha onde o avião pousasse em terra?, acrescenta.

Ele afirmou que tem recebido apoio da empresa aérea e que os familares estão se ajudando muito.

Fonte: g1, www.g1.com.br