Pai denuncia caso de negligência em hospital em PHB

Pai denuncia caso de negligência em hospital em PHB

Ao chegar com a filha no hospital, a recepcionista informou que o médico estava no repouso e que não o iria incomodar

Mais um suposto caso de negligência no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA) foi relatado pelo pai de uma criança que buscava atendimento para sua filha no maior centro médico-hospitalar da região Norte do Piauí.

Segundo a denúncia, a garota havia vomitado bastante e apresentava outros sintomas quando foi levada ao Pronto Socorro na madrugada do último dia 21. Na ocasião, a recepcionista informou que o médico estava no repouso e que não o iria incomodar.

A funcionária minimizou a gravidade do problema e disse que só chamaria alguém para atender no caso de piora no quadro clínico, sugerindo esperar que a criança voltasse a vomitar, sendo que a mesma já havia vomitado quando estava fazendo a ficha na recepção. A atendente declarou estar apenas ?cumprindo ordens superiores? para não acordar o plantonista daquela noite.

Indignado, o pai da criança ainda tentou se dirigir à sala de repouso do médico, mas foi impedido por servidores do hospital. A menina acabou só conseguindo atendimento na manhã seguinte, em uma clínica particular de Parnaíba.

O denunciante disse ter sido informado por uma técnica de enfermagem que trabalha no HEDA sobre a prática de um diagnóstico prévio por parte dos médicos. ?Pra cada tipo de queixa já tem um determinado medicamento que é passado, sem que haja consulta. Se for da cintura pra cima: Dipirona; da cintura pra baixo: Buscopan; se for dor de barriga é dado Atroveran?, afirmou.

A coordenação do HEDA negou ao Proparnaiba.com que este seja o ?procedimento padrão? adotado pela instituição. O coordenador geral, Paulo Careca, declarou que ?casos de menor gravidade são direcionados ao acolhimento, que por sua vez encaminha para o clínico. Este decide quais medidas tomar com o paciente. Se houve algo desta natureza, o que é inaceitável, nós iremos apurar baseado na escala de plantão do dia citado e tomar as providências cabíveis contra os responsáveis?.

Fonte: Proparnaiba