Pais de bebê levado de shopping farão exame de DNA

Justiça exige esta medida em caso de sequestros de recém-nascidos.

Os pais do bebê Gabriel, levado da mãe em um shopping no dia 20 deste mês, em Santa Bárbara d"Oeste (SP), farão um exame de DNA nesta segunda-feira (26) à tarde. Esta é uma exigência da Justiça em casos de sequestro que envolvam recém-nascidos, como é o caso da criança que completa 28 dias nesta segunda. Os três farão análise no Instituto Médico Legal (IML) de Americana (SP), segundo informou à EPTV a delegada Olivia dos Santos Fonseca, da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). "Vamos agora tocar o inquéito normalmente", afirmou.


Pais de bebê levado de shopping farão exame de DNA

Na noite do dia 22, a Polícia Civil conseguiu localizar a criança dentro de uma casa de tarô em Santa Bárbara d"Oeste. Três mulheres de uma família cigana, incluindo a principal suspeita, estão presas. O advogado delas acusa a adolescente de ter dado o garoto. As três, ainda de acordo com Olivia, serão ouvidas por meio de carta precatória já que estão no presídio de Tremembé (SP).

Lembre o caso

O recém-nascido foi roubado da mãe adolescente na praça de alimentação do Shopping Tivoli, em Santa Bárbara d"Oeste. A suspeita, que ficou "amiga" da vítima durante o período de gestação, fugiu com o garoto no colo após dopar a jovem. Câmeras de segurança do estabelecimento registraram a entrada e a saída da mulher. Outros vídeos de empresas do entorno do comércio mostraram o momento em que ela jogou a bolsa da criança na rua.

Fonte: G1