Pais defendem filho expulso de escola por chutar a professora

Pais defendem filho expulso de escola por chutar a professora

Eles afirmam que Logan é uma criança "feliz e educada" em casa.

O rosto angelical de Logan Steed, de 5 anos, sugere à primeira uma personalidade doce. Mas o histórico escolar do garoto mostra justamente o contrário: ele foi suspenso quatro vezes em seu primeiro ano de escola e agora expulso após chutar uma professora no rosto.

O menino gostava de morder e socar colegas e funcionários do colégio, além de jogar material escolar e roubar as frutas de seus lanches. Porém, a gota d"água veio quando ele chutou uma professora no rosto enquanto ela se curvava sobre sua cadeira.

Entretanto, seus pais afirmam que ele é menino bem comportado em casa. "A escola disse que tinha de expulsá-lo para garantir a segurança dos funcionários e alunos, mas eu não entendo como uma criança de cinco anos pode representar tamanha ameaça", disse o pai Cameron, 27.

Logan foi testado para várias condições, incluindo a síndrome de Asperger e outras anormalidades, mas todos os testes deram negativo. Os pais acreditam que seu filho possa estudar em uma escola normal e conviver com outras crianças.

Eles tinham o direito de apelar contra a expulsão, mas resolveram não o fazer por conta da possível reação negativa que poderia haver caso o menino fosse reintegrado.

Fonte: Revista Crescer