Para não perder casamento, noiva pega carona em carro da Guarda Municipal

A apresentação de uma banda natalina interditou uma praça no caminho para a igreja.


Toda mulher sonha em casar um dia. Além disso, a festa, os convidados e  a entrada na igreja precisa ser  exatamente como planejado. No entanto, o sonho de casamento de Janaína Silva, de 39 anos, moradora de Mariana, cidade história da região central de Minas, quase foi destruído.

Na noite de 20 de dezembro, enquanto os convidados tomavam seus lugares na igreja de São Pedro dos Clérigos, Janaína saía 20 minutos atrasada do salão de beleza.  A apresentação de uma banda natalina interditou uma praça no caminho para a igreja, o que deixou Janaína Silva desesperada no engarrafamento. Ansiosa, ela pulou do carro do pai e entrou sem pedir em uma viatura da Guarda Municipal.

"Eu estava com medo do padre ir embora. A cerimônia estava marcada para 21h30, já era 21h50 e ainda me deparo com as ruas da praça travadas. Fiquei desesperada. Entrei na viatura sem pedir autorização e pedi pro guarda me salvar. Foi muito engraçado. O guarda João Marcos foi muito gentil", conta.

Enquanto o guarda abria caminho com a sirene ligada, o noivo Vinícius, de 31 anos, já estava a postos no altar. Janaína ainda teve outra surpresa.

"Só quando cheguei na igreja fiqui sabendo que o padre também se atrasou, nem ele tinha chegado. Parece que teve um roubo em outra igreja e ele teve que fazer uma celebração de última hora. Com quarenta minutos de atraso, o casal pode enfim selar a união", destacou.

Siga o Meionorte.com no Facebook

Fonte: R7