Paralisação dos médicos é inoportuna, diz Lílian Martins

Segundo ela, o reconhecimento do trabalho desde janeiro deste ano, está sendo reconhecido

A secretária de Saúde, Lílian Martins, disse ao meionorte.com na tarde desta segunda-feira(28) que é totalmente inoportuna a paralisação dos médicos no Estado. " É desnecessária a taxação de calamidade na saúde do Piauí. A progressão funcional está acontecendo, mesmo que de forma lenta. Foi muito infeliz a atitude dos profissionais, inoportuna e desnecessária", declarou Lílian.

Segundo ela, o reconhecimento do trabalho desde janeiro deste ano, está sendo considerado até mesmo pelo Ministério Público, que cobrou e agora observa as melhorias nos hospitais regionais do interior e nos hospitais de Teresina. " Os avanços acontecem mesmo com as dificuldades financeiras pela qual passa o nosso Estado. Elegemos como prioridade a saúde e os profissionais em saúde devem reconhecer até mesmo o aumento considerável nos pagamentos de plantões, que saíram de R$ 180,00 para R$ 500,00 e de R$ 300,00 para R$ 1.000,00", informou a secretária.

No final da entrevista, Lílian Martins disse que espera contar com a compreensão dos profissionais para que a população não continue penalizada com essa paralisação.



Fonte: Marcos Moraes