Paraquedistas fazem união para ajudar instituições

Paraquedistas fazem união para ajudar instituições

O desejo de voar de um grupo de paraquedistas se aliou à vontade de ajudar e a resolver problemas sociais

Sinônimo de liberdade, o ato de voar é mantido com desejo de imaginação dos seres humanos. Saltar das alturas é uma experiência única que fica melhor quando feita para ajudar quem precisa. Fundada sem fins lucrativos, a Associação e Escola de Paraquedismo Skydive está voando para amenizar as necessidades de quem mais precisa.

A partir de agora a associação passa a promover eventos beneficentes cuja renda obtida é destinada a instituições de caridade. Nos dias 29 e 30 deste mês acontecerá o I Salto beneficente, evento aberto ao público que sorteará um salto duplo de paraquedas a uma altura de oito mil pés.

Experiência que faz bem ao próximo: os interessados em participar contribuem com dois quilos de alimento entre os dias 8 e 15 de setembro no posto de coleta localizado na Ponte Estaiada que funcionará das 16 às 21 horas. Os alimentos arrecadados serão doados à Rede Feminina de Combate ao Câncer e para o Lar da Criança Maria José de Deus.

O vice-presidente da associação de paraquedismo, Moisés Mendes classifica a iniciativa como o renascimento da escola. ?Estamos fazendo a retomada do paraquedismo no Piauí e queremos convidar toda a sociedade a praticar o esporte. A melhor maneira que encontramos para ajudar crianças em perigo foi promovendo uma doação de alimentos?, explica.

Nascida em 2008, a Skydive foi projetada sob um ideal inclusivo: desde o início os membros da escola realizavam eventos internos onde doavam sangue, roupas usadas, alimentos e tudo o que estava ao alcance para ajudar os carentes. Apenas neste ano surgiu a idéia de realizar um evento público que beneficiasse entidades cujo trabalho é referência no estado.

O processo de triagem foi feito a partir de uma pesquisa realizada entre diretores, alunos e parceiros da escola, que elegeram duas entidades que desenvolvem uma luta reconhecida dentro e fora do estado.

O I salto Beneficente acontecerá a partir das 16 horas dos dias 29 e 30na sede da Escola de Paraquedismo Skydive, localizada no Aeroporto de Fátima, próximo ao povoado Cacimba Velha, zona rural da cidade. Além dos concorrentes ao salto, a escola promoverá um passeio de avião pelos céus da cidade para todos os pacientes das instituições favorecidas.

?Esses atos são muito importantes, pois enchem da vida o coração das crianças que estão em tratamento. Sessões de quimioterapia são severas e muitas vezes elas passam por quadros de depressão por não terem estímulo para seguir em frente. Esse trabalhos reacendem a esperança das crianças e as ajudam a seguir em frente com o tratamento?, declara Maria do Socorro Moita, representante da Rede Feminina de Combate ao Câncer.

Fonte: Francisco Lima e Olegário Borges