Pastor afirma ver Nossa Senhora, falar com anjos e prever o futuro

Pedro, que tem 40 anos, vem reunindo multidões há cerca de 20 anos durante a reza de um terço.

O advogado Pedro Siqueira gosta de lutar artes marciais, acabou de ter um filho, dá aulas de Direito Administrativo no Processo Civil e trabalha na Procuradoria da União. Uma vida que ele considera normal, mas que, para a maioria das pessoas, não é tão dentro da normalidade assim: ele afirma ver Nossa Senhora, conversar com anjos e prever o futuro.



Pedro, que tem 40 anos, vem reunindo multidões há cerca de 20 anos durante a reza de um terço, onde recebe mensagens de Nossa Senhora e as reproduz aos fiéis. Atualmente a atividade acontece na Paróquia Nossa Senhora da Conceição da Gávea, na Zona Sul do Rio, toda última terça-feira do mês. Ali ficam reunidas, segundo ele, cerca de duas mil pessoas.

?Durante o terço eu recebo uma voz que fala dentro do coração. Essa voz é a voz de Nossa Senhora. Eu não tenho tempo suficiente para dar todos os recados dela, então são cerca de 20 mensagens que ela vai me passando?, explicou.

Ele descreveu a forma que Nossa Senhora aparece na igreja: ?se forma uma luz muito grande dourada e brilhante que vem do teto da igreja. Já aconteceu da luz se abrir um pouco e eu conseguir vê-la. Ver o rosto dela, como ela está vestida, mas não é sempre que isso acontece. A pessoa entra na igreja para rezar o terço, ela vai sentir na pele que ali tem uma força. Essa é minha grande vantagem, não preciso dizer nada, tem uma atmosfera muito diferente de tudo que eles já viveram na vida deles, sejam eles espíritas, do candomblé, evagélicos, católicos. É meu cartão de visitas, eu não preciso dizer que eu não sou charlatão."

"Meu anjo deve ter quase uns três metros de altura"

Pedro também diz enxergar e conversar com os anjos da guarda, que, segundo ele, acompanham todo ser humano desde sua concepção até a morte. ?Ele te acompanha para o resto da vida, até o dia em que você morrer. Na verdade ele está designado, agora, a intimidade que você vai ter com ele depende muito de você."

Fonte: G1