Sonho: pedreiro pedala 42 km todos os dias para concluir faculdade de Direito

Joaquim cursou o ensino médio e terminou o técnico em administração com mais de 20 anos.

Tentar vencer as adversidades da vida, muita gente tenta. Quem nunca teve dificuldades? De fato, alguns sofrem mais que outros para alcançar seus objetivos, mas os sonhos, eles incentivam as vontades do ser humano e os permitem seguir em frente, tendo foco e vontade de mudar.

Este é o caso de Joaquim Corsino, ele que nasceu em uma família humilde na cidade de Tarumirim, Minas Gerais, começou a trabalhar muito cedo, ajudando seus pais na roça. Porém sabia também que aquela não era a vida para ele e tudo que ele mais queria era estudar, para sair daquela situação.

Joaquim cursou o ensino médio e terminou o técnico em administração com mais de 20 anos. Mas ainda assim seu sonho era ser advogado. Infelizmente, naquele período a vida não lhe deu condições de continuar seus estudos, então ele começou a trabalhar como auxiliar de pedreiro, que com o tempo acabou se tornando sua profissão. Porém, sem abandonar seu sonho, ele contou que ao mesmo tempo em que construía sua casa em Bandeirantes, Cariacica, ele também trabalhava e guardava dinheiro para sua futura faculdade de direito.

Em toda a sua vida, Joaquim conseguiu guardar R$ 50 mil e em 2008 se matriculou no curso de direito onde cursou dois anos. Porém mais uma vez a vida o tenta afastar de seu destino, quando teve que trancar sua matrícula devido a um empréstimo que fez. Mas isso não o desanimou, ele voltou a trabalhar e no ano seguinte voltou a faculdade.

Hoje Joaquim faz o nono período de direito em Vitória e todos os dias sai de sua casa em Cariacica para a faculdade em um percurso de 21 quilômetros de bicicleta até a faculdade, o que gira em torno de 1 hora e meia de viagem, sem contar com as adversidades. E por tudo que já passou, não será agora que ele vai desistir da ideia.

     “Adoro ler a Constituição Federal. Meu sonho é concluir o curso, tirar minha carteira da Ordem dos Advogados e passar em concurso para ser delegado de polícia. É meu sonho, e chegarei lá.” Diz Joaquim Corsino.



Clique aqui e curta a página do meionorte.com no Facebook

Fonte: Razões para acreditar