Pedreiro piauiense morre soterrado após desabamento de obra em São Paulo

O caso deverá ser encaminhado para o 13º DP. O episódio foi destaque no telejornal da Band.

O Pedreiro Agenor Cardoso, de 53 anos, natural da localidade Extremas, zona rural do município de Cocal, que há mais de 16 anos estava residindo em São Paulo-SP, não resistiu aos ferimentos decorrentes do desabamento de uma construção na qual ele e outros operários trabalhavam. O acidente ocorreu na Rua Maria Curupaiti, bairro Santana, zona norte de São Paulo.

Dez viaturas do Corpo de Bombeiros foram direcionadas para a ocorrência. Duas pessoas que trabalhavam na obra foram soterradas. A equipe de resgate conseguiu reanimar o cocalense e o retirou de lá ainda com vida, mas ele não resistiu e faleceu minutos depois.

O outro ferido foi levado ao pronto socorro da Santa Casa logo após o acidente, onde está internado em estado grave. Agenor foi sepultado no final da tarde da ultima quinta-feira (26), em um cemitério em São Paulo. Ainda não havia informações sobre as causas do desabamento.

O caso deverá ser encaminhado para o 13º DP. O episódio foi destaque no telejornal da Band.

 

Fonte: Blog do coveiro