Pedro Leonardo ingere comida via oral pela primeira vez após acidente de carro em MG

Pedro Leonardo ingere comida via oral pela primeira vez após acidente de carro em MG

Cantor se recupera de acidente e cirurgia no Hospital Sírio-Libanês, em SP.

O cantor Pedro Leonardo ingeriu nesta terça-feira (29) alimentação pastosa via oral pela primeira vez após o acidente sofrido por ele no dia 20 de abril, em Minas Gerais. Pedro permanece internado na unidade semi-intensiva do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

De acordo com Ede Cury, assessora do cantor Leonardo, pai de Pedro, ele ainda está sob uma dieta enteral, de alimentação via sonda, mas o fato de ter ingerido alimento pela boca foi considerado uma ?grande evolução?. ?Ele comeu um alimento pastoso com batata e frango, comeu com colher?, disse Cury. ?Está lúcido, conversa, está se recuperando bem.?

Pedro passou por uma cirurgia para corrigir uma fratura no fêmur esquerdo no dia 22. O procedimento durou pouco mais de três horas. O osso havia se quebrado em vários pedaços, que puderam ser reunidos sem a colocação de placas. A fratura ocorreu durante um acidente de carro no dia 20 de abril próximo ao município de Tupaciguara, em Minas Gerais, quando voltava de um show. Os próximos passos do tratamento deverão ser anunciados pela equipe médica nesta quarta-feira (30).

Segundo a assessora de Leonardo, os pais, irmãos e tios de Pedro podem visitá-lo na unidade semi-intensiva, mas há restrições. Quando não consegue ir até o hospital, o cantor Leonardo fala com o filho por telefone.

Após o acidente, ele foi inicialmente levado ao Hospital Municipal de Itumbiara, em Goiás. Horas após o acidente, ainda no interior de Goiás, Pedro foi submetido a uma cirurgia para retirada do baço. Ele sofreu traumatismo craniano e trauma abdominal e teve de ser colocado em coma induzido. No mesmo dia, foi transferido para hospital de Goiânia.

Em 23 de abril, Pedro Leonardo sofreu uma parada cardiorrespiratória. No dia 26, o sertanejo foi transferido para o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Em 29 de abril, a equipe médica decidiu suspender a sedação do cantor, para verificar como ele reagiria sem a medicação. Ele permaneceu em coma e só acordou no dia 20 de maio.

Nos últimos dois dias antes de acordar, parentes relataram que ele vinha reagindo, mesmo inconsciente, cada vez mais aos estímulos provocados por amigos e familiares.

No acidente, ele também sofreu traumatismo craniano e lesões na outra perna, que teve ligamentos rompidos. Por isso, segundo Ede Cury, ele terá que passar por uma segunda cirurgia na perna direita, mas o procedimento ainda não tem data para ocorrer.

Shows

Uma semana antes de Pedro acordar, seu primo, Thiago, com quem faz dupla, anunciou que retomaria a agenda de shows em mensagens publicadas em sua página pessoal no Twitter. Na semana passada, Thiago afirmou que, agora que Pedro acordou, será mais fácil definir a retomada dos shows. ?É um sonho meu e do Pedro levar nossa música para todo o Brasil. A gente já estava decidindo tudo em família, mas agora com ele de volta, fica mais fácil a conversa e [saber] o que ele sente em relação a isso?. Entretanto, ainda não foi

Fonte: G1