Pedro Leonardo pode ficar de pé próxima semana, diz assessora

Pedro Leonardo pode ficar de pé próxima semana, diz assessora

Cantor já ganhou 1,7 kg com alimentos sólidos, após perder 27 kg na UTI

O cantor Pedro Leonardo pode ser colocado de pé na semana que vem pelos médicos do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde o paciente está internado desde o dia 26 de abril. A informação é da assessora do paciente, Ede Cury.

"Não estamos falando que ele vai andar, ele deve ficar de pé. É diferente", ressaltou.

Para isso, o cantor está passando por sessões de fisioterapia três vezes por dia. Além disso, tem recebido acompanhamento de uma fonoaudióloga também três vezes por dia.

Desde que voltou a consumir alimentos sólidos, no dia 29 de maio, Pedro Leonardo já recuperou 1,7 kg, dos 27 kg que perdeu durante o período de internação em Goiás e depois em São Paulo, desde 20 de abril, data do acidente de carro sofrido por ele.

O jovem tem cerca de 1,90 m de altura e deu entrada no hospital pesando pouco mais de 120 kg.

Segundo Ede Cury, o cantor está se alimentando bem, conversando com a família e bastante lúcido. No domingo (3), ele deixou a unidade de terapia semi-intensiva do Sírio-Libanês e foi para um quarto. Na segunda (4), o paciente passou por um teste de leitura e conseguiu ler textos sem nenhum problema.

Apesar do otimismo, segundo a assessora, Pedro Leonardo ainda está sob muitos cuidados e com restrições de líquidos. Dois enfermeiros se revezam para cuidar do cantor, alimentando-o e dando banho. Ele tem ficado sentado e, na hora da higiene pessoal, usa uma cadeira de rodas.

O paciente ainda não consegue segurar objetos, pois é destro e seu lado direito do corpo ainda não está com a mobilidade normal ? por isso, a importância da fisioterapia.

As visitas ao cantor continuam restritas. Apenas os pais, irmãos, a mulher e as tias dele podem vê-lo. Os horários de visita agora, porém, são livres.

Fonte: G1