Perícia acha pólvora na mão de Walmor Chagas e reforça suicídio

Perícia acha pólvora na mão de Walmor Chagas e reforça suicídio

O resultado comprova, em tese, a hipótese de suicídio.

Um laudo provisório do exame residuográfico indicou vestígios de pólvora na mão direita do ator Walmor Chagas, encontrado morto na última sexta-feira (18), em Guaratinguetá (a 187 km de São Paulo). O resultado comprova, em tese, a hipótese de suicídio.

O mesmo exame foi realizado nas mãos do caseiro e foi descartada pela polícia qualquer hipótese de envolvimento dele na morte do artista.

De acordo com o delegado do 2° Distrito Policial de Guaratinguetá, Antonio Luiz Marcelino, o inquérito deve ser concluído em 30 dias e terá como principais fontes de informação os laudos do exame residuográfico do Instituto de Criminalística, para identificar vestígios de pólvora, e da necropsia, realizada pelo IML.

Segundo informações do boletim de ocorrência, disponibilizado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-SP), o corpo de Chagas foi encontrado pelo funcionário por volta das 17h, que chamou a Polícia Militar.

De acordo com o delegado, o corpo de Walmor foi encontrado sentado em uma cadeira, que estava reclinada, apoiada em uma parede, em um cômodo semelhante a um quarto de descanso, com livros, televisão e aparelho de DVD. Ele tinha um revólver calibre 38 no colo e estava com as duas mãos sobre ele. Também foram apreendidos o aparelho celular da vítima e munições da arma, que passarão por perícia.

Fonte: Folha