Perigo na ponte assusta moradores do Mocambinho

Perigo na ponte assusta moradores do Mocambinho

A presença de areia na pista da ponte oferece o perigo de derrapagens.

Mal foi inaugurada e a ponte que liga o bairro Mocambinho, na zona Norte, ao bairro Pedra Mole, na zona Leste, já começa a trazer temores de acidentes por conta da imprudência dos motoristas.

Quem mora perto do local relata que o trânsito na região vem se tornando cada vez mais perigoso.

A comerciante Eglantine Nascimento, que mora a poucos metros da entrada da ponte, no lado do bairro Mocambinho, relata que os motoristas de carros e motos costumam trafegar em alta velocidade no local, desrespeitando a regra da preferência de quem faz a rotatória, invadindo o sentido circular de tráfego.

“Aqui, dá até medo de ficar na porta de casa observando o trânsito, seja na parte da tarde ou à noite. Os motociclistas andam em alta velocidade, deixando o trânsito extremamente perigoso. A impressão que temos é de que estamos apenas esperando algum acidente mais sério acontecer”, disse a moradora.

Ela falou ainda de um perigo citado por seu marido, que precisa atravessar a ponte todos os dias. Segundo ela, a rotatória situada no lado Leste (Pedra Mole) tem problemas de sinalização, o que acaba confundindo os motoristas.

Ela lembra que o trecho foi cenário, no primeiro dia de funcionamento da ponte, de um acidente fatal – do tipo colisão entre carro e moto. “Em minha opinião, é necessária a instalação de tartarugas nessas rotatórias”, diz ela, apontando para a pista que fica em frente à sua casa, na Avenida Freitas Neto (bairro Mocambinho, lado Norte da ponte).

A presença de areia na pista, que é derramada de caminhões que fazem o serviço de dragas, oferece o perigo de derrapagens. Ela conta ainda que a iluminação da ponte – que usa energia solar – também não vem funcionando como deveria.

Fonte: Dowglas Lima