Pesquisa aponta desigualdades no tratamento da hepatite C

Os dados são preocupantes: entre 3 e 4 milhões de brasileiros estão vivendo com hepatite C

Pesquisa aponta desigualdades no tratamento da hepatite C

Os dados são preocupantes: entre 3 e 4 milhões de brasileiros estão vivendo com hepatite C, mas a maioria não sabe disso. Levantamento realizado por Carlos Varaldo, presidente do Grupo Otimismo de Apoio a Portadores de Hepatite C, analisando a quantidade de pacientes tratados de hepatite C atendidos no SUS nos últimos três anos, e, confrontando os dados com a previsão de entrega de medicamentos para o primeiro trimestre de 2010 consegue projetar os dados, conseguindo estimar o que acontecerá no ano de 2010 no atendimento aos infectados com hepatite C.

Caso seja cumprida a previsão de tratamentos que estão sendo ofertados, o ano de 2010 permitirá que aproximadamente 13.415 pacientes recebam tratamento, representando uma promessa de aumento entre 7% e 10% no número de pacientes beneficiados em relação ao ano de 2009. Os dados apresentados são referentes pura e exclusivamente a pacientes tratados gratuitamente no SUS, não incluindo tratamentos particulares, estimados em aproximadamente 4.000 tratamentos por ano.

Fonte: Liliane Pedrosa, Jornal Meio Norte