Pesquisa: Cogumelos alucinógenos podem ajudar combater a depressão

8 dos 12 pacientes já não estavam mais deprimidos

As substâncias alucinógenas vem sendo pesquisadas a fim de combater traumas psicológicos a um bom tempo. Chegou a vez dos cogumelos que possuem uma substância capaz de ser eficaz no tratamento da depressão.

O estudo publicado na revista especializada The Lancet Psychiatry baseado na psilocibina, componente responsável pelas alucinações presente nos chamados “cogumelos mágicos”.

Todos os voluntários da pesquisa já haviam buscado tratamento pelo ou menos duas vezes – e todas sem sucesso. Um deles chegou a tentar até 11 vezes e nada. Todos com mais de 30 anos de depressão. Foram aplicadas doses de psilocibina, de início baixas e depois maiores. Tudo acompanhado de música clássica e apoio psicológico.

E logo após a experiência “mística e espiritual”, oito dos 12 pacientes já não estavam mais deprimidos. Ou seja, sucesso!

A médica explica que muita gente considera a ‘loucura’ do cogumelo mística pois acaba sendo muito profunda e ao mesmo tempo dá voz ao inconsciente humano – deixa perfeita para o tratamento psicológico. Os pesquisadores classificaram a substância como uma espécie de “lubrificante da mente” que “liberava” o paciente que trabalhava junto de receptores do cérebro que normalmente reagiam à serotonina, hormônio ligado ao humor.

Uma semana após o experimento, os pesquisadores observaram uma redução significante nos sintomas de depressão, como a ansiedade e a perda de capacidade de sentir prazer. No entanto o grupo ainda é muito pequeno para dar o estudo como concreto. O que eles querem agora é trabalhar com grupos maiores e com o uso de placebos. Mas até lá essa já é uma grande conquista, que quebra tabus e evolui a ciência e a saúde humana.

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Hypeness