Pessoas mais ricas têm vidas sexuais mais variadas

Dinheiro não compra amor, nem felicidade, mas com certeza dá aquela força para arranjar mais parceiros.

Dinheiro não compra amor, nem felicidade, mas com certeza dá aquela força para arranjar mais parceiros. Segundo uma pesquisa da Prince & Associates Inc., empresa de marketing especializada em hábitos de multimilionários, 63% dos homens ricos afirmou que o dinheiro deu a eles a oportunidade de fazer sexo com mais parceiras e hábitos sexuais mais ?selvagens?. Em relação às mulheres esse número é ainda maior ? 88%.

De acordo com os responsáveis pela pesquisa, o resultado faz sentido. Ao ter muito dinheiro, as pessoas param de se preocupar com questões do cotidiano ?que o dindin compra? e têm mais tempo de se dedicar a aventuras sexuais. Um estudo da Universidade de Newcastle, aliás, provou que pessoas que não são ricas, mas que tem parceiros bem-sucedidos, têm mais orgasmos.

Mas antes de dizer que tudo se resume a dinheiro, tenha calma. Um outro estudo, da Universidade de Darthmouth, mostra que apesar das pessoas ricas terem mais oportunidades sexuais com pessoas diferentes, seus níveis de atividade sexual não são tão maiores. E é a frequência, e não a quantidade de parceiros, que aumenta os níveis de felicidade em geral.

A pesquisa, que entrevistou 16 mil pessoas, mostrou que quem faz mais sexo é mais feliz, independente de sua renda, idade ou gênero. E que, apesar do dinheiro ?comprar? mais parceiros sexuais, ele não compra mais sexo. Ou seja, pessoas de classes econômicas inferiores, que tenham apenas um parceiro, podem ser tão felizes quanto milionários ? na cama e fora dela.

Qual é sua opinião? Ter uma vida sexual satisfatória com um parceiro é o caminho da felicidade? Ou a combinação de dinheiro com vários parceiros é o rumo que você tomaria? Deixe sua opinião nos comentários.

Fonte: CNN