Piauí confirma 1.854 casos de dengue em 69 municípios do Piauí

Os dados são da Coordenação de Vigilância em Saúde Ambiental

Image title


No período de janeiro a abril de 2015, já foram confirmados 1.854 casos de dengue em 69 municípios piauienses.

Já em relação aos casos suspeitos de dengue notificados, este ano, o Estado já registrou 3.408 casos, o que equivale a um aumento de 86,2% em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2014, foram notificados 1.830 casos suspeitos da doença.

Os dados são da Coordenação de Vigilância em Saúde Ambiental, da Secretaria de Estado da Saúde.Dentre os municípios que tiveram casos confirmados de dengue estão: Teresina, com 1.407 casos, Alvorada do Gurguéia, com 73, Picos, com 57, São Raimundo Nonato, com 39, Barras, com 38, Parnaguá, com 31, Bom Jesus, com 23, Monsenhor Gil, com 17, Dirceu Arcoverde e São João do Arraial, com 12, cada um.

Como também Dom Inocêncio e Esperantina, com 10, cada um.O supervisor de Entomologia, Ocimar de Alencar, ressalta que população deve fazer a sua parte para evitar a proliferação do mosquito. “O importante é não deixar nenhum recipiente que acumule água, mesmo os pequenos, como tampa de refrigerante, casca de ovo, porque pequenas quantidades de água podem ser um criadouro das larvas”, explica o supervisor, enfatizando que o período pós-chuvas pode aumentar os casos.

Febre Chikungunya

Até o momento o Piauí não confirmou nenhum caso de febre Chikungunya. O Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí (LACEN/PI) encaminhou 133 amostras com suspeita de casos da doença para o Instituto Evandro Chagas (IEC), em Belém/PA.

Do total, 29 deram resultados negativos para a doença. As demais amostras estão sob investigação.Alencar reforça que, “apesar do Estado não ter confirmado nenhum caso da doença é importante ressaltar que as medidas para o controle da dengue e chikungunya são iguais, ou seja, verificar se a caixa d’água está bem fechada, não descartar lixo em terrenos baldios e manter a lata de lixo sempre bem fechada, não acumular água em vasilhames, colocar areia nos pratos dos vasos de planta, entre outras iniciativas deste tipo”.

Fonte: Assessoria