Piauí é apontado como o estado que menos desemprega

Os dados são da Caged sobre mês de agosto deste ano

Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) sobre agosto de 2016, o Piauí se mantêm como o estado que menos desemprega mesmo com o cenário em crise da economia. Os números de desligamentos são bastante inferiores aos demais estados, o estado apresenta ainda desde o início do presente ano, os menores índices de desemprego do nordeste.

Com base na pesquisa anterior o Piauí se superou diminuindo ainda mais o número de demissões de julho para agosto. A atualização comprova a estabilidade que o estado apresenta apesar dos problemas causados pela crise econômica nacional.

Em relação ao total de desligamentos por nível geográfico o Piauí se mantêm com o menor número (-8), seguido do Acre com (- 29) e do Amapá com (- 60). Na classificação por município, São Raimundo Nonato e Esperantina tem saldo de apenas (-1), seguido de Altos com (5) e José de Freitas com (-6).

Trabalhando em prol da diminuição desses números o Governo do Estado através da Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo, realiza diversos programas para fomentar a economia e a empregabilidade no estado.

O Secretário de Estado do Trabalho e Empreendedorismo, Gessivaldo Isaías, ressaltou a importância do fortalecimento na economia. “Os dados de não crescimento em números negativos mostram o quanto o Piauí vem transformando as dificuldades em oportunidades, muitas empresas foram criadas na crise e a nossa economia solidária e os pequenos negócios se fortalecem cada vez mais. Nós da Setre ficamos felizes de fazer parte dessa luta buscando sempre fortalecer a economia e melhorar a qualidade de vida das pessoas”, concluiu o secretário.

Um dos programas que a secretaria realiza é o Setre nos Municípios, que qualifica pessoas fora do convívio social e profissional nas áreas de construção civil, embelezamento e corte e costura, ministrados através de quatro caminhões itinerantes que circulam todo o estado. Através desse programa a secretaria também qualifica detentos nas penitenciárias, buscando dar uma nova chance a esses alunos e recolocá-los no mercado de trabalho.

O Sine faz parte das diretorias da Setre e trabalha em busca de aumentar a geração de empregos no estado e oferta os serviços de encaminhamento para o mercado de trabalho, agendamento de seguro-desemprego, emissão de carteiras de trabalho, dentre outros. 

A Setre também acredita na importância da economia solidária para o empreendedorismo e para combater o desemprego, por esse motivo reúne diversos pequenos produtores em feirinhas realizadas mensalmente na sede da secretaria e em eventos externos.

A geração de emprego e renda é o principal objetivo da Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo que elabora programas para aumentar os índices de qualificação e de empreendedorismo dentro do Piauí.

Fonte: Portal MN