Piauí notifica 106 casos suspeitos de H1N1

Mais de 47% do público prioritário já foi imunizado contra a gripe.

A Secretaria de Estado da Saúde, de acordo com o relatório epidemiológico semanal, atualiza os dados referentes a notificação dos casos suspeitos da Influenza A H1N1. De janeiro até 16 de maio, já foram registrados 106 casos, sendo 10 deles oriundos de pacientes do Maranhão.

Do total de notificados, dois já tiveram resultado laboratorial confirmados para H1N1, catorze para Síndrome Respiratória Aguda Grave(SRAG) não especificada, um caso foi isolado o Adenovírus e 89 aguardam ainda resultados laboratoriais para o seu encerramento. As amostras coletadas desses pacientes estão sendo processadas no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, que é o serviço de referência para este agravo.

A Secretaria de Estado da Saúde alerta para a adoção de medidas preventivas, já que foram registrados 11 óbitos, sendo um deles já associado ao H1N1.

Cobertura Vacinal
No Piauí, mais de 304 mil doses já foram aplicadas, o que corresponde a 47% do público prioritário. A meta para 2016 é vacinar mais 700 mil pessoas em todo o Estado.

A vacinação é destinada às crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), pessoas com mais de 60 anos, trabalhadores da saúde, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade, bem como doentes crônicos com recomendação médica, pessoas com problemas respiratórios, cardíacos, com baixa imunidade, dentre outros. 

Ações preventivas
Frequente higienização das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento, cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir, evitar compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas.


Estado registrou uma morte por H1N1 (Crédito: Reprodução)
Estado registrou uma morte por H1N1 (Crédito: Reprodução)


Fonte: Portal Meio Norte