Piauí realizará testes para detectar parvovírus e chikungunya

Medida foi tomada com o objetivo de diminuir o tempo de espera.

Ainda este mês, o Laboratório Central do Piauí (Lacen) passará a realizar testes para detectar parvovírus e, até o fim do semestre, para o vírus da febre chikungunya. Atualmente, no laboratório, são realizados exames para detecção de sarampo, rubéola e dengue.

Image title

Essa medida foi tomada com o objetivo de diminuir o tempo de espera entre a coleta do sangue do paciente e a chegada do resultado do exame, já que as mostras são enviadas para o Instituto Evandro Chagas (IEC), no estado do Pará.

“Quando enviamos um lote de mostras, o IEC leva de 60 a 90 dias para divulgar o resultado. Para se ter uma ideia do ganho que teremos, das 162 mostras enviadas para fazerem o exame de chikungunya em 2015, tivemos o resultado de apenas 38, todas negativas. Das 47 mostras para testes de pavorvírus, somente um resultado foi liberado até agora pelo IEC, também negativo”, explica Walterlene Carvalho, diretora do Lacen.

Os kits para proceder com os exames de pavorvírus devem chegar na sexta-feira (22). Em relação à realização do teste para chikungunya, foi feita a solicitação ao Ministério da Saúde que abriu licitação para compra dos kits.

Fonte: Ascom