Piauí recebe R$ 10 milhões para enfrentar efeitos da seca

Recursos são para enfrentamento aos efeitos da seca no Piauí.

O Ministério da Integração Nacional autorizou o repasse de R$ 10 milhões para enfrentamento aos efeitos da seca no Piauí. Os recursos serão aplicados pela Secretaria de Estado da Defesa Civil (Sedec) no reforço ao abastecimento com água potável para consumo humano, por meio da Operação Carro-pipa, nos municípios que se encontram em situação de emergência por conta da estiagem.

De acordo com o secretario da Defesa Civil, Hélio Isaias, além desse montante, o Piauí foi contemplado com mais R$ 14 milhões para a construção de adutoras de engate rápido. “O Plano de Trabalho que apresentamos ao Ministério da Integração Nacional foi aprovado com o repasse de R$ 24 milhões. Vamos aplicar esses R$ 10 milhões na operação carro-pipa e aguardamos outros R$ 14 milhões que serão aplicados na construção de duas adutoras de engate rápido, uma em São Raimundo Nonato e outra em Pedro II”, disse o gestor.

Hélio Isaias destaca ainda que a Secretaria da Defesa Civil está desenvolvendo outras ações para combater aos efeitos da estiagem no Piauí. Entre elas, a perfuração de poços em vários municípios, construção de reservatórios para armazenamento de água potável e a construção de pequenas barragens.

Atualmente, 128 municípios do Piauí estão em situação de emergência. A maioria deles fica no Semiárido, principalmente nos territórios da Serra da Capivara, Vale do Canidé, Vale do Guaribas e Vale dos Rios Piauí e Itaueiras, mas em todas as regiões do Piauí há cidades que sofrem com os efeitos da seca.

Fonte: Assessoria