Piauí registra trânsito de mais de 720 mil animais em 2015

A GTA é um documento zoossanitário oficial obrigatório

No ano de 2015, foram emitidas por servidores da Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adapi), através do Sistema Informatizado da Integração da Agropecuária (Siapec), 67.486 Guias de Trânsito Animal (GTAs) para a movimentação de bovinos, ovinos, caprinos e suínos. Desse total, 36.420 (54%) correspondem a GTAs para a movimentação de animais da espécie bovina.

Foram movimentados no ano de 2015 com GTA, 727.832 animais dentre bovinos, ovinos, caprinos e suínos com trânsito tanto interno como para fora do Estado. Do total da movimentação, 269.471 (37%) correspondem ao trânsito de bovinos, sendo que destes 65.638 cabeças foram comercializadas para fora do estado, principalmente com a finalidade engorda. 213.043 cabeças correspondem à movimentação de ovinos (29%); 166.985 caprinos (23%) e 78.333 suínos (10%).

A GTA é um documento zoossanitário oficial obrigatório para qualquer tipo de transporte de animais, tanto para trânsito intra como interestadual, independente da finalidade.

Para emissão da GTA, o produtor deve se deslocar até o escritório da Adapi onde é cadastrado. O produtor e a propriedade devem estar adimplentes com todas as obrigações sanitárias, principalmente as vacinas de aftosa e brucelose dos animais, dentre outros requisitos, ressalta o gerente de defesa sanitária animal da Adapi, Idílio Moura.

Para o gerente, o controle do trânsito de animais realizado pela Adapi e a emissão da GTA pelo produtor assumem papel importante para evitar a introdução e disseminação de doenças nos rebanhos pecuários piauienses e possíveis prejuízos aos produtores.

Quem transportar ou comercializar animais sem a GTA poderá ser multado e ter a carga apreendida.

Fonte: Com informações do Portal do Governo