Piauí será sede do I Fórum Ibero-Americano de Direito

I Fórum Ibero-Americano de Direito terá a presença de cientistas brasileiros, espanhóis e portugueses

Teresina receberá o I Fórum Ibero-Americano de Direito, evento de cunho científico e cultural cujo objetivo é criar vínculos permanentes entre a comunidade jurídica de língua espanhola e o Brasil, principalmente o Piauí, que hoje conta com pelo menos 20 cursos de graduação em Direito, distribuídos em instituições públicas e privadas. O evento acontecerá nos dias 11 a 13 de novembro de 2009, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil ? OAB Secção Piauí.

O I Fórum Ibero-Americano de Direito terá a presença de cientistas brasileiros, espanhóis e portugueses de várias áreas do mundo jurídico. O tema central será ?As promessas não cumpridas em 1789 e os desafios para o 3° Milênio?.

Além da OAB, várias instituições estão envolvidas diretamente no evento, entre elas a Universidade de Salamanca e de Saragoza, ambas na Espanha, a Universidade Coimbra, em Portugal, a Universidade Federal do Piauí ? UFPI, a Universidade Federal de Pernambuco ? UFPE, e o Núcleo de Pesquisa e Estudos da Justiça ? NUPEJ. O Fórum tem na sua comissão organizadora alguns advogados, como Efrén Paulo de Sá Lima, que está concluindo o curso de doutorado na Espanha, país que conta com as universidades mais tradicionais de direito do mundo, como a de Salamanca, que é a segunda universidade mais antiga do continente europeu.

Entre os nomes já confirmados estão o do respeitado Prof. Dr. João Maurício Adeodato, da Universidade Federal de Pernambuco-UFPE, que fará a conferência inaugural no dia 11 de novembro, tratando sobre o tema principal do evento: as promessas não cumpridas da Revolução Francesa: Liberdade, Igualdade e Fraternidade; a Profª Drª María Jose Beneitez, da Universidade de Saragoza; o Prof. Dr. Pinto Monteiro, da Universidade de Coimbra.

Esse evento além de inserir o Piauí no circuito de grandes conferências internacionais, também, fomentará outras áreas, consolidando o Estado, especialmente Teresina, como um pólo de grandes eventos, afinal, paralelo aos debates nas conferências e mini-cursos, será realizada um grande feira de negócios da área jurídica e afins, movimentando ainda mais o evento, que terá como público-alvo professores, advogados, estudantes e pesquisadores.

Fonte: Ascom